Luz amiga: Aprenda como usar o iluminador em pele madura

Quando as primeiras linhas de expressão e rugas começam a aparecer, é comum ter dúvidas sobre a melhor forma de usar a maquiagem para valorizar o visual. Uma das principais dúvidas está no uso do iluminador em pele madura, já que existe o medo de que ele ressalte ainda mais os sinais do envelhecimento. No entanto, esse queridinho da maquiagem é fundamental para as mulheres após os 40 anos de idade, pois é responsável por recuperar o viço da pele.

Com os truques certos, você não precisa aposentar o iluminador após os 40: basta usá-lo de uma forma que valorize o seu visual e te deixe ainda mais bonita!

Guia de Batons - Dicas de Batom pela Sephora

Contorno e iluminador em pele madura 

A primeira dica é trocar a textura do seu iluminador do pó para o líquido. A principal diferença entre as duas texturas é que o produto líquido possui partículas mais finas de brilho, que muitas vezes nem aparecem, deixando somente a luz refletir, sem mostrar que há um produto ali.

O mesmo truque vale para os produtos de contorno. Em vez de usar os bastões e pós, faça o contorno com base líquida alguns tons mais escuros do que a sua pele. As texturas líquidas são interessantes porque não acumulam nas linhas de expressão e podem ser aplicadas em camadas, criando uma cobertura mais leve sobre o rosto.

Como iluminar o rosto

Se falamos em iluminar o rosto é possível que muitas mulheres tenham dúvidas sobre como aplicar o iluminador para revitalizar a expressão cansada ou ainda disfarçar imperfeições.

A ideia é reproduzir o brilho que uma pele saudável tem naturalmente. Por isso aplicamos o iluminador nos pontos onde a luz bate de forma mais direta, como o alto das maçãs do rosto, o centro da testa, o ossinho do nariz, a ponta do queixo e o no arco do cupido.

Quando a pele apresenta sinais do envelhecimento, continuamos a iluminar esses pontos. O segredo no entanto, está na dosagem do produto e na quantidade de brilho. Quem procura um resultado natural pode pensar em corretivos de canetinha, que iluminam sem depositar muitas partículas de brilho no rosto. Outra alternativa é misturar o iluminador líquido à base para deixar o brilho mais difuso sobre a pele.

Outra forma de iluminar a pele e conseguir um efeito natural é aplicar o iluminador nos pontos altos do rosto, esperar secar e só então passar a base. Esta técnica esconde um pouco o brilho e faz com que ele pareça vir de dentro da pele, dando aquele ar de saúde sem mostrar que aconteceu toda uma preparação para isso, sabe?

Agora que você já sabe um pouco mais sobre como usar o iluminador para valorizar a sua pele, que tal experimentar os melhores produtos e se jogar no visual iluminado? Não se esqueça de compartilhar o resultado com a gente!