Como tratar os primeiros sinais do envelhecimento

Entre os 25 e 30 anos de idade começamos a perceber alterações na textura e na aparência da pele. Nesta época da vida os primeiros sinais do envelhecimento começam a ficar evidentes, variando de pessoa para pessoa. Este processo é natural, mas pode ser acelerado de acordo com os hábitos das pessoas: tomar sol sem proteção, fumar e não beber água o suficiente são algumas das causas mais comuns para o que conhecemos como envelhecimento precoce.

Os primeiros sinais costumam aparecer nas regiões mais sensíveis da pele, como o contorno dos olhos e a área em torno dos lábios. A textura da pele também muda, as mais oleosas costumam ficar mais espessas e as mais secas afinam e ambas perdem hidratação, precisando de mais cuidados para manter o viço e a elasticidade.

Guia de Batons - Dicas de Batom pela Sephora

Os primeiros sinais do envelhecimento na área dos olhos

Com o tempo, perdemos a capacidade de produzir o colágeno e o ácido hialurônico, proteínas responsáveis pela firmeza da pele e o preenchimento entre as células, respectivamente. A área ao redor dos olhos é a primeira a sinalizar esse processo. Pálpebras flácidas, linhas de expressão entre as sobrancelhas e pés-de-galinha costumam ser notados antes de qualquer outra ruga ou sinal no rosto.

Isso acontece porque a pele nessa região é mais sensível à ação de agentes externos e radicais-livres. A pele fininha também é o cenário ideal para mostrar a perda de volume no rosto, que começa a acontecer por volta dos 35 anos, acentuando olheiras e linhas sob os olhos.

Outros sinais do envelhecimento precoce

Áreas como o pescoço, laterais do nariz, maçãs do rosto e testa também podem apresentar alguns sinais do envelhecimento precoce. A flacidez na pele e as linhas de expressão costumam ser as maiores queixas.

Linhas de expressão surgem geralmente na testa, entre as sobrancelhas e na área que começa nas laterais do nariz e vai até as laterais da boca.  Elas surgem por causa do declínio da elasticidade da pele, que fica mais rígida, impedindo o retorno imediato da pele para a mesma posição após as expressões.

Já a flacidez aparece na área das maçãs do rosto, pálpebras e laterais da boca, conferindo uma expressão triste e cansada ao rosto. Ela acontece em função da perda de colágeno e se acentua ao longo dos anos.

Como prevenir e tratar os primeiros sinais do envelhecimento

Mesmo os sinais mais sutis podem ser tratados desde o começo. Quanto mais cedo você começar a cuidar da pele, melhor será o resultado, já que os sinais do envelhecimento estão diretamente relacionados com os danos cumulativos dos radicais livres.

Medidas para prevenir os primeiros sinais

O primeiro passo para prevenir estes sinais é ter uma rotina saudável, tomando o cuidado de manter uma alimentação saudável, beber pelo menos 2 litros de água todos os dias e fazer exercícios físicos regulares. Hábitos prejudiciais, como fumar, levar uma vida sedentária, alimentar-se com “junk food” e beber pouco líquido aceleram o processo de envelhecimento, anulando o efeito de qualquer cosmético anti-idade.

Proteção solar

Aplicar o protetor solar todos os dias antes de sair de casa, com um FPS 30 para as peles mais sensíveis, e FPS 20 para quem não sofre tanto com a ação do sol, é outro passo importante para retardar o surgimento dos primeiros sinais. Os raios solares são os principais causadores de manchas e da degeneração do colágeno e elastina da pele, favorecendo o surgimento de rugas e flacidez na pele.

Limpeza e Hidratação

Uma rotina de cuidados diários com a pele também ajuda a prevenir o surgimento dos sinais do envelhecimento. Retirar toda a maquiagem, lavar o rosto pelo menos duas vezes por dia, tonificar e hidratar com produtos específicos para o seu tipo de pele são medidas que combatem a ação dos radicais-livres.

Todos os tipos de pele precisam de hidratação, mesmo as oleosas. O ideal é procurar uma fórmula que se adapte às suas necessidades. As donas de peles mais secas podem apostar em hidratantes com propriedades emolientes e componentes que retenham a água sobre a pele. A textura de creme é liberada para este tipo de pele.

Já as oleosas devem tomar cuidado e investir em hidratantes leves, de preferência com texturas mais fluidas, como o gel ou a loção, desta forma é possível manter a hidratação sem aumentar a oleosidade.

Medidas para tratar os primeiros sinais

Se as primeiras marcas na pele já estão visíveis, é importante começar a combatê-las para evitar o agravamento do quadro. Investir em produtos com vitamina C e outros antioxidantes é fundamental para barrar a ação dos radicais livres e evitar a continuidade do processo de envelhecimento.

Repor o colágeno e o ácido hialurônico perdidos também é essencial para retardar o quadro de sinais e marcas de expressão evidentes, muitas vezes até revertê-lo.  Você pode usar cosméticos de uso tópico e aplicar camadas generosas em todas as áreas onde os sinais são mais evidentes.

Tratamentos dermatológicos mais profundos, como a aplicação de botox, laser ou CO2 fracionado também ajudam a reverter o envelhecimento da pele, mas devem ser acompanhados por um médico dermatologista e aplicados por um profissional qualificado.

Agora que você já sabe um pouco mais sobre os primeiros sinais do envelhecimento, confira os cosméticos mais adequados para a sua pele.